Título VI Conformidade

Título VI Procedimentos de Conformidade e Investigação

Esses procedimentos cobrem todas as queixas apresentadas sob o Título VI da Lei de Direitos Civis de 1964, Seção 504 da Lei de Reabilitação de 1973, e a Lei dos Americanos com Deficiência de 1990, por alegada discriminação em qualquer programa ou atividade administrada pela SEAT.

Esses procedimentos não negam o direito do reclamante de apresentar reclamações formais a outros órgãos estaduais ou federais, ou de procurar um advogado particular para reclamações que alegam discriminação. Todos os esforços serão feitos para obter a resolução antecipada de reclamações no nível mais baixo possível. A opção de reuniões informais de mediação entre as partes afetadas e a SEAT pode ser utilizada para resolução.

Coordenador do Título VI
Distrito de Trânsito da Área Sudeste
21 rota 12
Preston, CT 06365
(860)-886-2631

As seguintes medidas serão tomadas para resolver as queixas do Título VI:

  1. Uma queixa formal deve ser apresentada dentro de 30 dias da suposta ocorrência. As reclamações devem ser feitas por escrito e assinadas pelo indivíduo ou por seus representantes, e incluirão o nome, endereço e número de telefone do reclamante; nome do suposto funcionário discriminador, base da queixa (raça, cor, nacionalidade, sexo, deficiência, idade) e a data do (s) alegado (s) ato (s). Uma declaração detalhando os fatos e as circunstâncias da suposta discriminação deve acompanhar todas as reclamações.
  2. No caso em que o reclamante é incapaz ou incapaz de fornecer uma declaração por escrito, uma queixa verbal de discriminação pode ser feita ao coordenador do Título VI da SEAT. Nestas circunstâncias, o queixoso será entrevistado e o Coordenador do Título VI do SEAT ajudará o queixoso a converter as alegações verbais para escrita.
  3. Quando uma queixa é recebida, o Coordenador do Título VI fornecerá um reconhecimento por escrito ao reclamante, dentro de dez (10) dias por correio registrado.
  4. Se a reclamação for considerada incompleta, serão solicitadas informações adicionais e o reclamante receberá 15 dias úteis para enviar as informações necessárias. Não fazer isso pode ser considerado uma boa causa para a determinação de nenhum mérito investigativo.
  5. Dentro de 15 dias úteis após o recebimento de uma reclamação completa, a SEAT determinará sua jurisdição na condução do assunto e se a reclamação tem mérito suficiente para justificar a investigação. Dentro de cinco (5) dias desta decisão, o Gerente Geral ou seu representante autorizado notificará o Reclamante e o Reclamado, por carta registrada, informando-os da disposição.
    1. Se a decisão não é investigar a queixa, a notificação deve indicar especificamente o motivo da decisão.
    2. Se a reclamação for investigada, a notificação deverá declarar os fundamentos da jurisdição, informando às partes que sua cooperação total será necessária na coleta de informações adicionais e na assistência ao investigador.
  6. Quando a SEAT não tiver jurisdição suficiente, o Gerente Geral ou seu representante autorizado encaminhará a reclamação para a agência estadual ou federal apropriada que detém tal jurisdição.
  7. Se a reclamação tiver mérito investigativo, o Gerente Geral ou seu representante autorizado designará um investigador. Uma investigação completa será conduzida, e um relatório investigativo será submetido ao Gerente Geral dentro de 60 dias do recebimento da queixa. O relatório incluirá uma descrição narrativa do incidente, resumos de todas as pessoas entrevistadas e uma descoberta com recomendações e medidas conciliatórias, quando apropriado. Se a investigação atrasar por qualquer motivo, o investigador notificará as autoridades competentes e uma extensão será solicitada.
  8. O Gerente Geral ou seu representante autorizado emitirá cartas de busca ao Reclamante e ao Reclamado em até 90 dias após o recebimento da queixa.
  9. Se o Reclamante estiver insatisfeito com a resolução da queixa, ele / ela tem o direito de registrar uma queixa junto ao Departamento de Direitos Civis do Departamento, tratado abaixo.

Escritório do Departamento de Direitos Civis
USDepartment de transporte
1200 New Jersey Avenue, SE
Washington, DC 20590
(202) 366-4648
(202) 366-5992
Acesso TTY: (202) 366-9696
Relé CC: (202) 855-1000

O Distrito de Trânsito da Região Sudeste está empenhado em garantir que nenhuma pessoa seja excluída da participação, tenha seus benefícios negados ou seja sujeita a discriminação sob qualquer programa ou atividade, com base em raça, cor, nacionalidade, sexo, idade ou deficiência.

O Distrito de Trânsito da Área Sudeste, como beneficiário de assistência financeira federal, assegurará o cumprimento integral do Título VI da Lei de Direitos Civis de 1964, conforme emendada, e estatutos e regulamentos relacionados em todos os programas e atividades do Distrito de Trânsito da Região Sudeste.

Qualquer pessoa que acredite ter sido vítima de discriminação ou retaliação com base em raça, cor, nacionalidade, sexo, idade ou deficiência pode registrar uma queixa no Título VI. As reclamações podem ser feitas diretamente ao Distrito de Trânsito da Área Sudeste ou à agência Federal Funding. As reclamações devem ser apresentadas por escrito e assinadas pelo reclamante ou por um representante e devem incluir o nome, endereço e número de telefone do reclamante ou outros meios pelos quais o reclamante pode ser contatado. As reclamações devem ser apresentadas dentro de 180 dias da data do alegado ato discriminatório.

Para solicitar informações adicionais sobre as obrigações de não discriminação do Distrito de Trânsito da Região Sudeste ou para registrar uma queixa do Título VI, envie sua solicitação ou reclamação por escrito para:


Distrito de Trânsito da Área Sudeste 
Attn: Cherise Perkins, coordenadora do Título VI

(860) 886 - 2631 x - 106

21 rota 12
Preston, CT 06365

pt_PTPortuguese
en_USEnglish es_ESSpanish zh_CNChinese fr_FRFrench jaJapanese ko_KRKorean pt_PTPortuguese